quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Amores do Colégio


Como iniciar um texto sério, reflexivo, e adulto olhando essas fotos?

Depois de tanto tempo venho aqui escrever no nosso velho e querido diário mais um texto em letras grandes verdes.

E esse, de hoje, é inteiramente e somente pra vocês.

Começaria fazendo uma piada. Bem eu. Mas acho que seria previsível, e deixaria de ser sério.

Então escolho começar falando de como foi bom o que fizemos ontem! 

E aí chegamos na palavra que resume nossa vida. Saudade.

A adolescência nos traz tantas boas lembranças, e aí nos damos conta de que todos os clichês referentes a ela são loucamente reais. 

Ela foi a melhor parte do começo de nossas vidas!

Hoje entendo porque cada saudade que sentimos disso tudo é uma lágrima nova. 

Foi tudo somente e puramente amor!

Ser adulto não é tão ruim. Mas também não é tão bom.

Falta tempo, disposição, dinheiro, gasolina, faltam até os amigos de vez em quando.

Mas o tempo cruel nos faz perceber que nunca nos faltou uns aos outros.

Cada um com seus destinos.

Casados, não casados, quase casados. 

Paixões antigas, novas, desapaixonados. 

Perto, longe. 

Formados, quase formados, desistentes, recomeçando. 

Trabalhando, fazendo bico, desempregados.

Todos ainda sem filhos!

Juntos sorrimos, choramos, cantamos. Perguntamos sobre A, B, e C. Vemos fotos de fulanos e beltranos. 

Olhamos e lemos nosso velho blog. 

Cheio de sonhos.

Relembramos.

Saudamos. 

Longe somos a saudade que mora dentro de cada lembrança. 

E não importa o tempo que passe, 2 ou 3 anos sem se falar. 8 ou 9 anos sem se ver... 

O que é isso diante de uma vida? 

Diante de tantas lembranças? 

De tanta história?


Quanto tempo passe, seremos sempre amores. 


Amores do colégio.


Amores.


Seremos SEMPRE VESTIBOLANDOS!

Pra ouvir depois de ler, ou enquanto lê.





Sorria, você está sendo descrito.

Tantos anos se passaram e esse álbum continua exposto. Na era do Smartphone. Na era da Selfie. Na era do Whatsapp.

Cada texto uma página do álbum. Cada parágrafo uma foto. Cada palavra um elemento da composição. Cada letra um pixel.

E em 2009 eu estava aqui, mergulhado nessas letras, sentindo cada um desses "pixels". Mas cada palavra vinha compor um parágrafo pesado, reflexivo. Eu era vestibular. Na verdade, eu me vestia de vestibular. Mas acho que ainda tinham vestígios de mim por trás da fantasia. 

Em 2010 eu prometi mudar de rumo, persistir, trazer futuro para a primeira página do meu dicionário. Afinal perspectiva deixa a gente leve. 

Em 2011 eu me acostumei com as mudanças, nem me lembro de promessas. A persistência não superou só a inteligência. A consciência e a sanidade também foram postas a prova.

Em 2012 eu rejeitei viver o hábito e me mudei pro frio, inspirei algo que chamei de liberdade. 

Em 2013 eu voltei pulsando mudança, mas tudo em volta ainda era 2011.

Em 2014 eu me inventei errado e caí no hábito de não ser eu.

Em 2015 eu acordo com uma dormência no tornozelo. Uma corrente me prendia. E já era uma corrente enferrujada que eu arrastava e ignorava o ruído por tanto tempo que eu nem lembrava mais. E o objeto velho levou a culpa por eu viver a vida intercalando entre tentativas e fracassos, ano a ano. 

Em 2016 eu abri o cadeado. A chave tava lá em frente àquela porta chamada consciência, em baixo do tapete chamado emoção.

Ainda não joguei a chave fora. Nem a corrente. Afinal é uma corrente longa que já passou por alguns anos e continentes, carregando o que eu chamo de passado mas que ainda está bem presente na memória. 

Quem sabe um dia eu não reciclo todo esse aço. Dá até pra construir uma ponte de hoje até 2021. 

"Onde estaremos aos 30?"
Mas deixa o futuro pra depois.

Cada ano uma renovação dos votos com a vida. Cada mês uma revisão dos planos. Cada dia agindo reativo aos alarmes. Cada minuto sem se dar conta de como o tempo passa tão rápido.




sábado, 11 de abril de 2015

Milhões de anos depois, estou eu aqui.
Agora enfermeira formada, trabalhando, em um dia de aula de pós.
E é aí que está a graça. Mostrando para uma amiga os meus "verdinhos", me deparo com o professor da noite: famoso! Uma mistura de um antigo prof com uma estrela da tv! aí eu pensei: merece um verdinho! hahaha.
Essa foto não é a dele, porquê não quero ser processada, mas sério, é igual! E além de tudo, piadas piores que as minhas! kkk... quase mando ele escrever aqui no meu lugar! Era isso gente. Saudade desse mundo aqui! 
Abraço a todos!

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Quer ganhar 1 Ipad ou 100 livros?

Participem da promoção no site do Skoob! Ganhe 1 Ipad ou 100 livros.

http://www.skoob.com.br/promocao/codigo/176365


Boa sorte^^

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Nunca pensei que diria isso mas...

SAUDADES DO ENSINO MÉDIOOOOOOOOOOOOOOO!

A situação está bem complicada, estudar em cursinho é pior do que eu imaginava. Quando estamos na escola as avaliações valendo nota são uma constante que nos fazem sempe estudar. Porém, no pré-vestibular a história é outra. Faltamos quando queremos, não há professor pegando no seu pé, pai exigindo boletim, provas se aproximando, nem punição por atraso. Você vai dando mais importância às matérias com as quais você se indentifica e o resto vai empurrando com a barriga até o dia do vestibular.

Eu quero e muito estudar para todas as matérias, mas com a falta de exigência fica difícil de se fazer um esforço. Quando você percebe já acumulou tanto assunto que quando vai estudar entra em pânico, fecha a apostila e sai correndo(aqui vos fala a voz da experiência).

É, saudades das minhas aulinhas do 3º ano.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Ai que saudade que teMOS...


Oração do CAENGA



Caenga nosso que não está no céu;
Esculhambado seja o vosso nome;
Venha a nós o teu onibus;
Melhore o humor do motorista;
Seja cheio ou vazio;
Caenga nosso de cada dia nos levai hoje;
Não ligueis para nossas ofensas;
Não queime nossas paradas
Assim como nós não gritaremos "vai decê motô";
E não nos deixai na mão;
Mas corramos dos assaltos;
AMÉM!


------------------------------------------------------

Pra quem não entender...pergunta!

pois o valor desse nome pra gente é muito grande...CAENGA.

AMOMUITOTUDOISSO!_Saudadess.

sábado, 3 de abril de 2010

Estudando NO SUS, trabalhando PRÓ SUS.!


Geente....que saudade eu tava desse blog aquii!

mas é que eu iniciei uma fase nova na minha vida, e tava meio complicado de eu parar um pouco aqui e escrever, principalmente quando eu não tava entendendo NADA!(pois é! nada x nada!)

Pra começar, pouco satisfeita em ser cobaia do ENEM, eu tive que ser cobaia denovo, agora diferente, pois foi na faculdade. Oolha que felicidade!

Como assim?? hahaa! Escolheram o primeiro periodo de enfermagem pra ser COBAIA do novo sistema! agora a gente não estuda por cadeira, não tem mais prova separada, éé tudo um angu!

Não, eu não tô reclamando, pois o sistema tem até uma ideia legal, e não cansa tanto a gente, mas tem a parte ruim, que eu resumi em um mandamento: * "Faça tudo, mas não reprove nada. Você reprovará o PERÍODO"(é complicado, mas significa isso ai que você entendeu mesmo) Foora, que a gente até agora num estudou muita coisa IMPORTANTE não....Evolução do macaco; evolução do conceito de corpo; aaah! mas teve uma frase ÚTIL, presente em 5 dos 5 textos e decorada por TODA 1E/E1: "O ambiente influencia no processo saúde-doença". huauhauhauhaua :D (Uns salves pra as nossas professoraaas!)


-Mas me diga Juliana, por quais motivos você estava sem entender nada mesmo?


ah! me desculpe, esqueci de contar! Depois de tudo isso que eu disse a resposta ainda não foi dada??? CLAAARO que tudo isso foi novidade demais pra minha cabeça, e eu, Ex-loira recem aprovada não tava muito bem localizada...Mas minha confusão não se limitou apenas a isso, claro que não!

Descobrimos numa aula magna MAARAVILHOSA (nunca conversei tanto numa aula) que começaríamos nossa vida universitária com os conteúdos do 7º período!(sintam minha felicidade!) e que estudaríamos a SOCIEDADE por 6 meses huahauhuauhauh....mas claro, que não era na sala de aula, isso é coisa de manéé! iríamos pra o ZÉÉ, o Alto José do Pinho, e desde então nas terças e quintas tenho me acordado antes das 6 horas.

NÃÃÃÃÃO, claaaaaro que nããão. Eu não tô furando ninguem lá não! Tô cadastrando o pessoal la...trabalhando como agente de saúde :D é boom, tirando o sol escaldante eu não tenho do que reclamar! O pessoal lá é bem legal e o pessoal do ônibus também!:P (um salve pra os ACS, pra oS motoristas e os cobradores amigos da gente, e pra a galega super gente fina amiga de Manu!)


Contudo, é isso, estudando NO SUS, e trabalhando pra ele.


Algumas OBS:


* Muita gente condena o SUS, e eu não nego que ele tem falhas, mas tenham certeza, EXISTE PIOR!(Me perguntem depois que eu provo que existe sim! PS: assistam o documentário SICKO).


* O Zé do Pinho É NOSSO!


* UPE agora é GRATUITA


* O D.A da FENSG é D+!!!


* Vaaai rolar eleição do DCE escolham sua chapa com SERIEDADE, pensem nos beneficios que poderão trazer pra a FACULDADE DE VOCÊS! e não SOMENTE pra a do vizinho!


--------------------------------------------------------------------------


Por HOJE é SÓ.